+55 (11) 98837-5585

O Exame ALTOIDA permite que o paciente faça uma rodada de treinamento antes da execução do exame em si. Isso pode gerar um aprendizado prévio e interferir no resultado de alguma forma?

Nas avaliações neuropsicológicas de rotina com atividades feitas à caneta, por exemplo, se o paciente repete imediatamente ou em pouco tempo depois, há, sim, uma curva de aprendizado. No caso do ALTOIDA, isso não ocorre. O treinamento independe da performance do paciente depois. Isso já foi bastante testado e há vários estudos e artigos publicados disponíveis a respeito.Uma parcela desses estudos foi realizada pela parte que propiciou as ferramentas do que deve e do que era possível ser utilizado ou não. Vários testes foram feitos especificamente para cada função. Então, por exemplo, o programa faz uma leitura do ambiente e de como o paciente se desloca nesse ambiente. Por meio do algoritmo, os resultados vão dizer se o indivíduo está andando de maneira adequada, na velocidade e com o equilíbrio adequados. Cada uma das funções tem um algoritmo específico, desenvolvido separadamente, até que se tivesse segurança em relação à eficácia e captura do que é esperado, sem que houvesse qualquer interferência externa, nem sequer a da curva de aprendizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *